Carteira de Identidade

Atestados

IIPR - Notícias

02/08/2021

Sistema automatizado de identificação biométrica (ABIS) do TSE em funcionamento no IIPR

01
BASETRANSPARENTE


Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) visitou o Instituto de Identificação do Paraná (IIPR), para dar o treinamento aos papiloscopistas sobre o Sistema automatizado de identificação biométrica (ABIS) do TSE, é um acordo de cooperação técnica que possibilitará o compartilhamento com a Justiça Eleitoral dos dados biométricos e biográficos coletados pelo Governo do Estado do Paraná na emissão do Registro de Identificação Civil (RG) e na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Por outro lado, o Governo do Paraná terá acesso aos serviços de autenticação biométrica, consultas à base do Cadastro de Eleitores e à lista de validação e coincidências biométricas que são fornecidos pela Justiça Eleitoral. 


copiar
BASETRANSPARENTE

ABIS


O Sistema automatizado de identificação biométrica (ABIS) é usado para identificação biométrica em grande escala. ABIS é um tipo de sistema de pesquisa biométrica que realiza uma comparação “um para muitos” de uma amostra de “averiguação” às amostras de um banco de dados que contém muitos modelos biométricos. Esse processo é chamado de identificação biométrica. Ele permite buscar correspondência entre uma amostra ao vivo e diversos modelos biométricos existentes, no intuito de encontrar um registro de um indivíduo específico e confirmar a identidade dele. 



03
BASETRANSPARENTE

USO DO IIPR


O banco de dados fornecido em cooperação com o TSE chega a 120 milhões de pessoas, na quinta-feira (29/07) os papiloscopistas do IIPR incluíram 43 fragmentos de impressão digital, coletadas em perícia de local de crime e retornaram 16 cadastros positivos, com a nova ferramenta ABIS do TSE. O sistema tem a resposta muito ágil, em 4 minutos o ABIS trouxe os cadastros que coincidiram com as amostrar de fragmentos de impressão digital.


Inicialmente o IIPR terá 3 acessos nesse primeiro mês, e então, após os relatórios de positivação, serão liberados mais terminais do sistema para o estado do Paraná. 



03
BASETRANSPARENTE

COMO O ABIS FUNCIONA


O ABIS compara os identificadores biométricos (como a impressão digital) de um indivíduo às amostras existentes, também chamadas de modelos biométricos, em um banco de dados.


A impressão digital de cada pessoa têm características únicas. Isso permite associar os identificadores biométricos a uma única pessoa. Uma pesquisa biométrica utiliza algoritmos que comparam as características físicas encontradas em uma amostra de fragmentos de local de crime às características encontradas em modelos existentes.


As pesquisas biométricas que utilizam fragmentos de impressões digitais podem servir para detectar o mesmo indivíduo em duas cenas de crime diferentes, mesmo que a identidade dessa pessoa seja desconhecida.


Nesta sexta-feira (30/07) houve uma reunião na Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), TSE e IIPR, com o objetivo de discutir a Integração do sistema do TSE e os sistemas da Secretaria da Segurança Pública (SESP) e elaborar um plano de trabalho para colocar em prática o convênio com o TSE.


05
BASETRANSPARENTE

 

Saiba mais sobre o trabalho do IIPR em:


 facebook           youtube          insta

BASE_PCPR




BASETRANSPARENTE

 



Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.