Carteira de Identidade

Atestados

IIPR - Notícias

03/05/2021

Treinamento dos investigadores da 2ª DP de Londrina, de como usar o Sistema Informatizado de Identificação Criminal 1:1

topo
BASETRANSPARENTE

SISTEMA INFORMATIZADO DE IDENTIFICAÇÃO CRIMINAL 1:1


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) implementou um novo Sistema Informatizado de Identificação Criminal 1:1, o sistema desenvolvido em conjunto com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) permite a automação e descentralização das pesquisas papiloscópicas, gerando um resultado mais rápido para a população. 


Com a informatização da carteira de identidade o acesso ao banco de dados do IIPR pode ser feito remotamente, aprimorando assim tanto a identificação Civil quanto a Criminal. 



SESPFOTOS

BASETRANSPARENTE

TREINAMENTO DOS INVESTIGADORES DE LONDRINA


Os Investigadores de Polícia passaram por um treinamento de como operar o Sistema Informatizado de Identificação Criminal 1:1 para estarem aptos a identificar pessoas investigadas. 


O treinamento foi realizado na 2ª DP de Londrina, no dia 29 de abril, estiveram presentes 8 investigadores, 1 escrivão e o delegado Willian. Quem ministrou o treinamento foram os papiloscopistas, Amanda (via videoconferência), Paulo, Edilson e Fabricio da Seção Regional de Identificação de Londrina.


O Sistema Informatizado de Identificação Criminal funciona da seguinte forma:

O policial apenas terá que coletar as impressões digitais diretamente no leitor biométrico, digitar o nome e o número do RG do investigado e tirar uma foto dele com a Webcam;


Então o sistema realizará o confronto das impressões digitais inseridas com as que existem no banco de dados do IIPR. 


Quando as impressões digitais do investigado forem inseridas no sistema e retornar vários cadastros suspeitos, a delegacia deverá acionar o IIPR para que um Papiloscopista realize a coleta da impressão digital, na tinta, e faça busca em todo o banco de dados, não se restringindo ao nome informado pelo investigado, iniciando assim a perícia, um processo complexo que exige a análise da impressão digital e a emissão de laudo de perícia papiloscópica. 


CONFRONTO DAS IMPRESSÕES DIGITAIS


Havendo a positivação do confronto das impressões digitais pelo sistema, confirmando que o investigado é quem ele diz ser, a investigação e o inquérito policial podem seguir de forma mais ágil e com confiabilidade. 


05

BASETRANSPARENTE

 

Saiba mais sobre o trabalho do IIPR em:


 facebook           youtube          insta

BASE_PCPR




BASETRANSPARENTE

 



Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.